Não é a primeira vez que aqui escrevo sobre Mário Cruz. Há dois anos, porque era referenciado no Lens, o prestigiado blogue de fotografia do The New York Times. Agora, porque nos coloca perante os olhos um livro de uma força desmesurada que trespassa o simples efeito sobre o olhar. “Talibes – Modern Day Slaves”, que foi lançado no passado fim de semana na Fnac (que assegura a distribuição exclusiva em Portugal), reúne o trabalho integral do fotojornalista galardoado este ano pelo World Press Photo que conseguiu com as suas imagens resgatar crianças de uma vida de escravatura.

2Talibes – Modern Day Slaves é editado pela FotoEvidence e está à venda em exclusivo na FNAC. O preço é de 40 euros, as fotografias que contém valem ouro.

Mário Cruz empenhou-se em documentar em fotografia as falsas escolas corânicas no Senegal, onde mais de 50 mil crianças são escravizadas,

A young talibe bound by chains in an isolation area of a daara in the city of Touba, May 27, 2015. In this daara the youngest talibes are shackled by their ankles to stop them from trying to run away. The chains length only allows them to use an improvised bathroom in a separate area of the daara. These children can stay like that for days, weeks, even months until they gain the marabout's trust. Their guardian explains " When I release them, I give them the freedom to beg like the rest of the Talibes".

A young talibe bound by chains in an isolation area of a daara in the city of Touba, May 27, 2015. In this daara the youngest talibes are shackled by their ankles to stop them from trying to run away. The chains length only allows them to use an improvised bathroom in a separate area of the daara. These children can stay like that for days, weeks, even months until they gain the marabout’s trust. Their guardian explains ” When I release them, I give them the freedom to beg like the rest of the Talibes”.

torturadas e abusadas, sendo muitas delas traficadas a partir de países limítrofes ao Senegal, como é o caso da Guiné-Bissau. Aliás, o trabalho de Mário Cruz sobre as crianças talibés tem sido divulgado em várias publicações internacionais, nomeadamente na Newsweek, que publicou 20 das 70 fotografias da fotorreportagem.

Talibes sleep together inside a daara in Saint Louis, north of Senegal, May 21, 2015. The daara with over 30 children has no clean water and barely no electricity. Children sleep on the concrete floor without any protection.

Talibes sleep together inside a daara in Saint Louis, north of Senegal, May 21, 2015. The daara with over 30 children has no clean water and barely no electricity. Children sleep on the concrete floor without any protection.

Este é daqueles casos em que a fotografia preenche o olhar e o espírito de quem vê com uma denúncia, um alerta que move pedras. Este trabalho de Mário Cruz já conseguiu levar ao resgate de várias crianças talibés da vida de escravatura que levavam. Se isto não está próximo da realização máxima de um fotógrafo, então não sei o que poderá estar.

Runaway talibes stand on the bank of Senegal river, in Saint Louis city, north of Senegal, May 20, 2015. Saint Louis is known as Talibe city. A city with small proportions compared to Dakar but with a large number of Talibes. Due to that many of them choose the streets instead of Daaras.

Runaway talibes stand on the bank of Senegal river, in Saint Louis city, north of Senegal, May 20, 2015. Saint Louis is known as Talibe city. A city with small proportions compared to Dakar but with a large number of Talibes. Due to that many of them choose the streets instead of Daaras.

Este livro, que resulta de uma iniciativa internacional de crowdfunding, teve ainda o apoio da Fnac, que numa estratégia que tem vindo a seguir de apoio e promoção cultural e de responsabilidade social corporativa, tem sido uma das organizações que, em boa verdade se diga, é das que mais tem feito pela promoção de jovens fotógrafos e revelação de talentos, através do Prémio Novos Talentos FNAC Fotografia (iniciativa em que Mário Cruz vai este ano ser também júri).

Children that used to be talibes cool off at SOS Talibe Center in Bafata, Guinea-Bissau, June 8, 2015. The Center received 45 cases of talibes returning from Senegal in 2014, some of them ran away from the daaras but others were handed over by the marabouts to the authorities when some of them were brought to the courts.

Children that used to be talibes cool off at SOS Talibe Center in Bafata, Guinea-Bissau, June 8, 2015. The Center received 45 cases of talibes returning from Senegal in 2014, some of them ran away from the daaras but others were handed over by the marabouts to the authorities when some of them were brought to the courts.

Enfim, Mário Cruz é para mim, neste momento, um dos maiores nomes da fotografia em Portugal, uma luz de inspiração para qualquer fotógrafo. Vale a pena seguir o seu trabalho de perto. A começar por aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published.