Texto integral do comunicado de imprensa da Canon. Não tenho nada a ver com a adjetivação do texto, porque não fiz qualquer teste. Mas pela descrição, parece-me coisa interessante. Depois dos mais recentes lançamentos da marca, folgo em saber que a Canon não anda obcecada com as câmaras fotográficas mirrorless.

“A Canon Europa lança hoje a sua câmara de próxima geração do Sistema EOS Cinema – a EOS C500 Mark II. Criada com a experiência e conhecimento técnico que incorporam os produtos inovadores da Canon, e com base no Sistema EOS Cinema, a EOS C500 Mark II é uma câmara de formato integral (Full Frame) 5.9K compacta e versátil. O impressionante sensor de formato integral (Full Frame) da EOS C500 Mark II, desenvolvido e fabricado pela Canon, utiliza o novo processador DIGIC DV 7. Suportando gravação interna nos formatos Cinema RAW Light 5.9K e XF-AVC 4K 4:2:2 10bit, esta câmara permite aos profissionais explorar criativamente imagens cinematográficas em formato integral (Full Frame). É a primeira câmara da sua gama com a capacidade de gravar no formato Cinema RAW Light 5.9K em meios de armazenamento novos e mais rápidos – os cartões CFexpress. Oferecendo maior flexibilidade e eficiência aos profissionais, a gravação simultânea do mesmo formato de ficheiros também é possível graças às duas ranhuras para cartões CFexpress.

O tamanho compacto da câmara oferece aos cineastas uma liberdade criativa ímpar. Graças ao design flexível e modular, os profissionais podem configurar a câmara com diferentes unidades de expansão de forma a corresponder aos requisitos de cada produção. A EOS C500 Mark II é a primeira câmara do sistema EOS Cinema a incorporar uma baioneta de objetiva intermutável que o utilizador pode trocar, para o EF Cinema Lock e PL, oferecendo aos profissionais uma grande variedade na escolha de objetivas. É também a primeira câmara do Sistema EOS Cinema a suportar o sistema de estabilização electrónica de imagem, Electronic IS.

Qualidade de imagem Full Frame de cortar a respiração

Ao incluir o sensor CMOS de formato integral (Full Frame) 5.9K da Canon, a EOS C500 Mark II oferece uma aparência cinematográfica imersiva, de formato integral (Full Frame), combinada com os tons de pele naturais e suaves da Canon, bem como com a reprodução fiel de cor. Graças ao sensor de 5.9K e ao processador DIGIV DV 7, recentemente desenvolvido, a EOS C500 Mark II é a escolha ideal para os profissionais que pretendem produzir conteúdos em qualidade 4K de topo, uma vez que utiliza um algoritmo de processamento de “debayering” de alta qualidade na sobreamostragem de 5.9K para 4K. Isto suprime o efeito moiré e reduz o ruído, resultando numa imagem de excelente qualidade. Com uma latiude de 15 passos e um amplo espaço de cor, a EOS C500 Mark II é perfeita para produções em High Dynamic Range (HDR). Adicionalmente, a câmara está equipada com uma unidade motorizada Full Frame ND (2, 4, 6, 8 (1) e 10 (2) passos), tornando possível a criação de imagens com pouca profundidade de campo – mesmo à luz do dia.

Gravação e fluxo de trabalho eficientes

A versátil capacidade de multi-gravação em diversos formatos da EOS C500 Mark II oferece eficiência no fluxo de trabalho, para responder às necessidades de produção. Com o novo processador de imagem DIGIC DV 7 da Canon, a câmara oferece gravação interna no formato Cinema RAW Light com resolução 5.9K. O formato Cinema RAW Light tem todos os benefícios de um ficheiro RAW no que toca à flexibilidade na pós-produção, e ao mesmo tempo permite que a EOS C500 Mark II grave ficheiros de alta qualidade num ficheiro de menor tamanho.

Para além da capacidade da câmara de gravar internamente em cartões CFexpress no formato XF-AVC da Canon, em 4K 4:2:2 10bit, a gravação simultânea é possível, bem como a gravação proxy. Isto oferece a máxima flexibilidade aos profissionais, permitindo-lhes escolher o formato de gravação mais adequado às suas necessidades de filmagem e fluxo de trabalho. A câmara incorpora uma avançada interface 12G-SDI com velocidades de transmissão quatro vezes mais rápidas do que 3G-SDI. Esta interface 12G-SDI permite a saída 4K 50/60p com um único cabo – simplificando os fluxos de trabalho 4K. Adicionalmente, a saída HDMI também permite 4K 50/60p através de um único cabo.

Grande expansibilidade e versatilidade para uma ampla variedade de necessidades de produção

Os cineastas podem configurar a câmara utilizando duas unidades de expansão diferentes – a EU-V1 e a EU-V2. Estão também disponíveis dois visores (EVF-V70 e EVF-V50 como unidades opcionais. A possibilidade de configurar a câmara com Unidades de Expansão, bem como a sua compacidade e o design leve, oferecem aos cineastas uma maior flexibilidade de filmagem.

A unidade de expansão EU-V1 acrescenta uma interface Genlock/Sync BNC, uma interface Remote B para o Controlo Remoto opcional RC-V100 e uma interface Ethernet para a transmissão (streaming) IP ou a operação de controlo remoto através de um browser. A unidade de expansão EU-V2 também inclui estas interfaces, mas acrescenta-lhes ainda duas entradas XLR, bem como uma interface de objetiva de 12 pinos. Adicionalmente, está equipada com um encaixe de bateria V-Lock com D-tap e saída de energia de 24V.

Filmagem estável com o Electronic IS e tecnologia pioneira de Focagem Automática

A EOS C500 Mark II é a primeira câmara a incorporar a Estabilização Eletrónica de Imagem no Sistema EOS Cinema, oferecendo-lhe Estabilização de Imagem de 5 eixos. Ao utilizar uma objetiva que suporta a transmissão de dados, os dados da distância focal são recebidos automaticamente. No entanto, ao ser utilizado com uma objetiva sem comunicação, o Electronic IS é possível ao inserir manualmente a distância focal. Para além disso, o Electronic IS também é compatível com objetivas anamórficas.

Tal como outras câmaras na sua linha, a EOS C500 Mark II incorpora a reconhecida Focagem Automática Dual Pixel CMOS da Canon. Oferecendo AF One-Push (AF de um toque) de alta velocidade e AF contínuo, os profissionais têm a segurança de que as suas imagens vão estar focadas. Também podem beneficiar da operação de focagem táctil suave e intuitiva com o novo monitor LCD LM-V2, bem como o Guia de Foco Dual Pixel, que avisa os profissionais sobre a posição do foco, quer ele esteja na dianteira ou na traseira, ajudando a obter um controlo de focagem preciso. Adicionalmente, a EOS C500 Mark II tem AF de Identificação de Rostos e AF de tracking (acompanhamento), permitindo o controlo da focagem numa variedade de situações de filmagem. Para ajustar de forma ainda mais precisa o funcionamento do AF, a câmara oferece a possibilidade de definir a velocidade de acompanhamento e de resposta do AF.

Características adicionais para a máxima liberdade criativa

A EOS C500 Mark II suporta os LUTs dos utilizadores, permitindo aos cineastas aplicar ou personalizar os seus próprios LUTs. Ao carregá-los na câmara para uma monitorização precisa, os cineastas também podem aplicar diferentes LUTs a cada terminal. Com o botão LUT adicional, os profissionais têm uma maior flexibilidade operacional. A EOS C500 Mark II também inclui gravação num elevado rácio de fotogramas, de até 50/50 fps em resolução 5.9K com o codec Cinema RAW Light.

Também hoje, a Canon irá lançar a DP-V3120 e a CJ15ex4.3B que, juntamente com a EOS C500 Mark II, estarão em exposição pela primeira vez, a nível global, no stand da Canon (Hall 12, Stand D60) na IBC 2019. A EOS C500 Mark II estará disponível em dezembro. Pode encontrar informação adicional sobre a nova câmara do Sistema EOS Cinema aqui: http://www.canon.pt/video-cameras/eos-c500-mark-ii/

Características Principais da EOS C500 Mark II:

• Incrível Qualidade de imagem de formato integral (Full Frame)

o Sensor de formato integral (Full Frame) 5.9K

o Aparência imersiva

o Reprodução fiel de cor com a ciência da cor Canon

o Tons de pele naturais e suaves

o Capacidade de gravação HDR com PQ/HLG e Canon Log 2/3

• Gravação interna para CFexpress / Cinema RAW Light e XF-AVC

• Corpo compacto e robusto

o Corpo leve com 1,750g

o Design robusto

o Fiável em condições difíceis

o Baioneta de objetiva trocável pelo utilizador

o Unidades de expansão e EVF’s

• Tecnologia pioneira de focagem automática

• Electronic IS (Estabilização eletrónica da imagem)

• Características adicionais

o LUTs do utilizador

o ND (2/4/6/8/10) interno

o Cor falsa / Marcador / Nível de ecrã personalizável

  1. Quando os utilizadores ativam a gama ND alargada

  2. Quando os utilizadores ativam a gama ND alargada “

Leave a Reply

Your email address will not be published.